Mais uma barracada/burla comunista – Venda de coisa alheia

by barbeirodapatracola


burlao patracolaEntão o Kim Jong-Pereira queria vender licenças de plantação de vinha que não eram da Câmara Municipal da Patracola?

Poderia ser mais um insólito que o Kiko Cunha levou à reunião da câmara, mas nós não concordamos.

E não concordamos porquê?

Porque não é insólito nenhum. Então não foram os camaradas que andaram a ocupar e a gamar as propriedades depois do 25 de Abril e depois as venderam arrecadando o dinheiro para eles sem prestar contas aos proprietários da terras?

É como andar de bicicleta, nunca se desaprende

Para quem mesmo assim ainda acha que está tudo bem, a venda de coisa alheia é um ilícito penal, mais concretamente um crime de burla, punído pelo art. 217º do CP

Anúncios