Espaço reservado aos patracolenses – Ocupações

by barbeirodapatracola


QtaCaro Barbeiro, escrevo apenas para alertar os Patracolenses que as ocupações na Patracola estão de volta. Zelem pelos vossos bens, e de vez em quando, passem por lá para garantir que ainda são vossos.
A antiga casa Lico, que mudou de nome para Quinta de S. José está desocupada, não sei se o dono se mandou, se é do banco ou do estado, mas está vazia. Na rua em frente à Pastelaria Mena, a vedação da propriedade ERA feita por uma rede e devidos pilares, que a delimitava da estrada e das casas do bairro aí existente. Mas o dono não vai lá, os moradores do “bairro”, patracolenses de gema e saudosistas das ocupações, arrancaram a vedação junto às suas casas, abriram um caminho para passar com os popós, até puseram um portão a vedar a entrada que é só para eles e de um dos pavilhões da propriedade portão abaixo que preciso de uma garagem.
Eu penso que qualquer cidadão, se quiser fazer uma obrazita, abrir um caminho ou pôr um portão, ainda mais no que não é dele, precisa de uma licença da camara, mas na patracola isso não é preciso.
Cuidem-se os emigrantes que são muitos, que se a moda pega, qualquer dia quando cá chegarem ainda as vossas casas já são parte do alargamento da casa de algum patracolense ou ainda pior.

Leitor identificado perante a Barbearia

Anúncios