Meia-Leca Guedelhas, por onde passa, deixa rasto

by barbeirodapatracola


taberna matildeAs nossas Assembleias Municipais cada vez vão dar mais que falar.

Um presidente da assembleia que não se impõe e que repete a discussão e votação de pontos a pedido de um presidente de câmara, onde já se viu isto?

Pois foi! O Plano de Atividades e Orçamento da Câmara de Alpiarça para o próximo ano foi aprovado sem antes se ter verificado discussão? Mas que tem isso de estranho? NADA. Já tinha sido discutido na Câmara Municipal e os deputados entenderam não lavar mais roupa suja e não se inscreveram para discutir.

Mas isso não estava bem! O Presidente da Edilidade queria botar faladura! “Isto não pode ser”, “Nunca aconteceu tal coisa”, “Somos uns palhaços” afirma Cajó e eis senão quando o Presidente da Edilidade sugere que se volte a discutir e votar este ponto da ordem de trabalhos da AM.

Foi então que aconteceu coisa inédita. O Santo Tiago* (alcunha da Barbearia) descobriu entre a papelada dois Relatórios do Conselho Fiscal da Agroalpiarça, a cooperativa da câmara, um dos Relatórios, o que tinha ido à reunião do executivo tinha apenas a assinatura do Osúrio Meia-Leca Guedelhas, quando precisava de três assinaturas para estar legal teria dito o vereador Kiko Melga Cunha, e então faz-se luz na cabeça do Meia-Leca e redige novo Relatório, com a mesma data do 1.º, mas porque é asno que nem um calhau escreveu concelho com “s” e convenceu os dois outros membros do conselho Fiscal a assinarem o documento.

Agora temos dois ilegais, o primeiro porque estava assinado apenas pelo digníssimo Meia-Leca Osúrio e o segundo ilegal porque foi feito extemporaneamente e em duplicado.

Parece que este Meia-Leca quer ser presidente de todos os conselhos fiscais de Alpiarça, mas por onde passa, deixa rasto.

Taberna Matilde

004544

* Nota da Barbearia: Senhores Aprendizes de Barbeiros, quando escreverem as vossas crónicas, experimentem dar um ar de independência e não ponham apenas alcunhas nuns, esquecendo-se dos outros. Que eu saiba o Santiago (que de santo não tem nada), não é mais do que os outros. Se está metido na porcaria da política, então deve ter o nome também chafurdado como os restantes. E não se esqueçam que juridicamente, todas as nossas histórias de ficção e qualquer semelhança com a realidade é uma infeliz coincidência :))

Anúncios