Diálogo de quem melhor escreve e de quem mais bem fala na Câmara da Patracola

by barbeirodapatracola


talk

Diálogo de trabalho entre o chefe Osóryov e Dona Dama Coisinha Em Bum

Osóryov– Bô tarde Dona Dama, por cá? Bôs olhos a vejam? Onde tens andado?

Dona Dama Coisinha Em Bum– Tá calado ó canino, inhágora cheguei, pensas que ê sô a primêra dama ó quê?

Osóryov– Desculpa Dona Dama mas ê preciso da pasta das compras e á 15 dias que nã te ponho os olhos em cima.

Dona Dama Coisinha Em Bum– Ó canino nã me chateis, nã sabes quê funho cu mê cájó de férias.

Osóryov– Ê sei que vocês tão sempre de férias, mas ê preciso da pasta.

Dona Dama Coisinha Em Bum– Ê incavê a pasta na nhã gaveta, mas hoje nã tâ posso dar porque nãn trunçe a chave.

Osóryov– Mas é urgente, o assunto já devia tar resolvido á mais de 3 anos e depois o Kiko Cunha e o Gasparzinho móem o Kim e ó tê cájó.

Dona Dama Coisinha Em Bum– Prontos ê tanho que ir cumprar uma lâmpada fushenta para a minha menza de cabeceira e vô almoçar umas bejocas com arroz de grelos e á tarde trago a chave da gaveta.

Osóryov– Nã te demores Dona Dama, xau

Osóryov– (lixado dos cornos depois da Dona Dama ter saído)- Por casa destas merdas é cu conselho nâ passa disto, faz cá muita falta o Kamarada Vasco Gonsalves e o Barreirinhas, e viam comé que sinxofra. O Kamarada Kim Coreia é que trata deles.

Anúncios