Inveja Patracolense

by barbeirodapatracola


1261x1280xloren-mansfield2.jpg.pagespeed.ic_.0AF1XzjZuTSei que é uma deformação profissional sermos invejosos.  E isso acontece partir do momento em que vamos para a Escola dos Barbeiros e começamos a manusear a tesoura. Nunca nos habituamos à ideia de que existe sempre alguém melhor do que nós e e fique com os melhores clientes da aldeia.

O caso do blogger do Jornal Patracolense, por exemplo. Trata-se de um barbeiro charmoso, culto, muito educado, extremamente sexy, e que no passado tinha mais patracolenses fêmeas atrás dele do que moscas atrás do carro do Pitrolino. Mas a mim, não havia mulher bonita que me piscasse o olho e se eu quisesse um pardalinho fresco tinha que ir à Fonte Boa. E a verdade é que os anos passaram e eu continuo a pagar notas de 50 euros às brasileiras enquanto que o meu concorrente continua a ser perseguido por bandos de mulheres lindas que não pedem nada em troca além de sentirem o membro vigoroso do outro barbeiro nas suas entranhas.

É uma injustiça, mas não há nada a fazer! Quem nasce feio, está lixado.

Mas o que me chateia realmente é que a mim, o Presidente da Câmara da Patracola Kim Jong-Pereira não escreve nem um bilhetinho. É capaz de passar todos os dias de BMW aqui à porta da barbearia todo empertigado, e nem olha para o lado. Desconfio que nem faz a barba só para não vir a esta barbearia. Mas depois vai escrever artigos de opinião para o Centopeias, a dizer que é o maior ou que a oposição lhe anda a bater muito. É incorreto, porque vai cortar o cabelo ao Barbeiro de Torres Novas e o aqui da Patracola fica a chuchar no dedo. E depois ainda vai para as sessões de Câmara mandar o Kiko Cunha pró karalho. Mas também o que seria de esperar de quem não sabe combinar os sapatos com os fatos ou que nem sequer apara a barba?

Estas merdas põem-me verde de inveja, a sério !

 

Anúncios