Presidente Kim-Jong Pereira borra-se todo após pontapé nos tomates dado por funcionário

by barbeirodapatracola


Hoje, na pastelaria Laura, já corria a ultima novidade da Autarquia da Patracola. João Paulo Leal, técnico de informática da Câmara Municipal da Patracola, disse TUDO ao Presidente Kim-Jong Pereira numa intervenção na reunião da Câmara da Patracola da passada 2ª feira, 8 de Junho de 2015. Sabemos que muitos funcionários fartam-se de dizer mal dos camaradas, mas depois fecham-se em copas com medo das represálias e perseguições habituais a quem os afronta.

No final, foi necessário chamar o INEM por indisposição severa do Presidente da Câmara Kim Jong-Pereira que teve que ser medicado com duas doses de Xanax, 3 Kompensan, um creme Hirudoid para os tomates doridos, e Halibut para o rabinho assado. Consta ainda que a caminho do Centro de Saúde, com os nervos, não se conteve e acabou por borrar-se todo. (e ainda há quem diga que o vereador da oposição Kiko Cunha é muito duro com o Presidente.)

Mas quem ficou mesmo mal na fotografia, foi o vereador Jota das Mines. Com tanta critica que ouviu do funcionário, nunca mais foi o mesmo e agora até diz que as mines nem lhe sabem bem.

Neste momento, fazem-se apostas sobre se o Presidente Kim Jong-Pereira conseguirá evitar o processo disciplinar que o Kumité Central quer que seja instaurado ao funcionário. Como não se pode deportar ninguém em Portugal para um campo de trabalho na Sibéria, está já a delinear-se uma alternativa que é enviar o funcionário, montar uma rede subterrânea de fibra ótica entre a Câmara da Patracola e o Museu e outra entre a Biblioteca e a Escola, usando a rede pública de esgotos.

Nesta altura, já o funcionário deve estar arrependido de não ter-se inscrito como militante do PCP (Partido dos Camaradas Patracolenses), porque assim era garantido que se safava tal como aconteceu com o Valdemar Katota quando foi fazer queixinhas do Eng. Portugal ou como a Cristina Evaristoff quando teve orgasmos múltiplos em plena sessão da reunião de Câmara.

JPleal

João Paulo Leal

frase

Anúncios