Consultório Sexual da Tia Paula

by barbeirodapatracola


hookerCamaradas patracolenses,
Bem vindos a um novo espaço de sexologia grátis. Aqui passarei a responder às questões que me forem colocando através de barbeirodapatracola@gmail.com (podem fazer as perguntas nos comentários mas aí a minha resposta será pouco desenvolvida, o melhor é por email).
Vamos então iniciar o nosso consultório com a primeira pergunta que foi colocada pelo nosso vizinho FERNANDO que mora perto da sede do KGB da Patracola e que é a seguinte:

QUESTÃO: Sou um patracolense com 60 anos e sinto que os meus tempos de garanhão estão a chegar ao fim e assusta-me muito a ideia de que terei que começar a pagar para ter sexo. Nem é tanto por ter que pagar, é mesmo o medo de não conseguir tê-lo rijo ou da minha parceira estar comigo só pelo dinheiro e olhar para mim como quem olha repugnada por um velho bajosco. A minha mulher também já não me satisfaz porque desde que me reformei comecei a ficar por casa e já não existe aquela mística de chegar a casa como um lobo que chega à toca para dar o coelho à fêmea esfomeada. Que hei-de fazer desta minha vida?

RESPOSTA: Camarada, há quem tenha a ilusão que os homens pagam por ter sexo. É uma concepção do pecado completamente errada. Os homens pagam para não terem que falar com elas, para não terem que perder tempo a seduzi-las, para não terem que levá-las a jantar, e terem conversas chatas e fingirem que sentem alguma coisa por elas só para lhes saltarem para a cueca. Acredite que o dinheiro gasto nas meninas é o melhor investimento que poderá fazer agora que chegou ao Outono da vida. Conheço homens que se reformaram e compraram um descapotável. Além de não terem já mãozinhas para conduzir um carro daqueles, também já não conseguem pinar com nenhuma mulher de forma gratuita só por causa do carro. Acredite que uma mulher irá olhar para si sempre como o avozinho Fernando e não como o James Dean encarnado na pela de um patracolense maduro e sexy. Vá às meninas e seja feliz. Uma profissional do sexo até é mais asseada do que qualquer esposa. Lavam-se várias vezes por dia e cheiram sempre a flores. E depois sabem fazer aquelas coisas que as esposas nunca aprenderam ou têm nojo de fazer. Uma profissional do sexo não quer conversa nem ir jantar consigo. Quer dinheiro. Ponto Final! Ou você é daqueles que dá a semanada aos netinhos e depois nem dinheiro tem para fazer umas férias para o estrangeiro com os amigos? Não seja parvo. Os seus netos vão ter muito tempo para se divertirem. Agora é a sua vez. Goze a vida.

Beijinho, Paula

Anúncios